terça-feira, 24 de abril de 2012








O samba do recôncavo é tradição há várias gerações

(Plano médio)



Dona Dalva, uma cachoeirana ilustre

(Primeiro plano)

´
É na palma da mão, é o samba no pé

(Plano médio)

“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é, é ruim da cabeça ou é doente do pé”

(Plano detalhe)


É um molejo bonito de se ver. Isso é o samba, isso é o recôncavo da Bahia!


(Plano conjunto)


O povo responde ao gingado contagiante do samba de roda

(Plongée)

Nenhum comentário:

Postar um comentário